quinta-feira, 21 de maio de 2009

Festival e Concurso

Tá ficando difícil de escrever, tadinho do meu blog, mas não vou abandoná-lo!

Participei do Festival de Danças Ritmos do Oriente neste domingo que passou. Foi um evento pequeno, mas com um clima bem legal, vários rostinhos conhecidos (impressionante como esse meio é pequeno); o espaço era bastante amplo e bem arejado, e o festival começou pontualmente às 11.

Dois pontos negativos: em alguns momentos a música ficava muito alta e o lugar para as bailarinas se vestirem era pequeno.

Mas eu gostei do evento e voltarei a participar no ano que vem.

Foi neste festival que eu participei de meu primeiro concurso. Sempre vi muita gente falar sobre concursos, tanto pessoalmente quanto nos blogs por aí, e agora posso dar minha opinião. Mas primeiro vou descrever algumas coisas que aconteceram antes, durante e depois do momento em que eu dancei.

Eu sou absolutamente ansiosa! E meu maior medo era ser traída pelos meus próprios nervos e sabotar a mim mesma. Foi por essa razão que decidi começar a participar de concursos e outros eventos com público diferente, pra me testar mesmo! Então nem preciso dizer que uma semana antes eu já estava com frio na barriga, e tentava não pensar muito, desviar meus pensamentos para outras coisas.

Pra que tudo estivesse ok no domingo, providenciei tudo que pude o mais rápido possível, pra domingo nada potencializar meu nervoso. Minha roupa estava pronta uns 15 dias antes, fiz alguns testes de maquiagem, fiz uma lista do que levar no dia, então fiz o possível para evitar surpresas desagradáveis. Mas, existe a tal da zica, conhece? E eu e a dona zica temos uma relação de longa data, então, no sábado, peguei uma gripe daquelas!!! Tomei remédio, chazinho e dormi com bolsa de água quente, mas no domingo acordei me sentindo como se tivesse apanhado. No domingo tudo que eu queria era conseguir ter forças pra levantar da cama, me maquiar e conseguir dançar decentemente pelo menos. Mas isso teve um lado bom, acabou desviando minha atenção e nem fiquei tão nervosa!!

Fui melhorando aos poucos, entrei no ritmo e fui para o evento. Cheguei cedo, como já estava maquiada, só precisei colocar a roupa, conversei um pouco com algumas meninas que foram chegando, andei pelos stands...enfim, fui relaxando. Minha professora Rhazi conversou comigo, cuidou do preparo psicológico (e como isso foi importante), colocou alguns alfinetes na minha roupa e me deu um abração. E subi no palco. Dancei, vi todo mundo do palco, curti, tremi nas bases, não pensei em nada, foi uma mistura de emoções, mas foi bom, me senti bem. Os vírus da gripe deram um tempo e o corpo não doeu! Ainda bem! Errei a coreografia, que raiva!, mas tentei continuar sem deixar transparecer e aos poucos fui relaxando.

Quando desci do palco e voltei para o espaço onde ficavam as bailarinas esperando pra dançar, respirei, rsrs...estava terminado, tinha dado certo, meu estudo e preparo valeram; novamente veio a Rhazi, me abraçou e dessa vez não me contive, chorei! De alívio, de alegria, de tudo! Foi ótimo, revigorante mesmo. E eu continuava tremendo...

Depois disso, fui me acalmando, assisti algumas apresentações, conversei com mais algumas pessoas e fui pra casa almoçar. Em casa, a dor no corpo voltou, e eu dormi um pouco (estava precisando). O peso tinha saído das costas, foi um soninho tão bom...

Voltei ao evento, assisti a excelentes apresentações, e uma delas foi a da Carlla Silveira. Meu Deus do céu, a mulher estava com tudo!!! Eu sentei no chão, de cara para o palco, tirei algumas fotos, mas depois parei porque queria olhar tudo. Deu até vontade de pegar um bloquinho e anotar todo o repertório de movimentos da Carlla pra eu estudar. Ela dança MUUUUUUITO!!! Abdomen e quadril perfeitos. O evento parou, o palco ficou pequeno pra ela. Aliás, disso ela se saiu muito bem, pulou do palco, dançou embaixo, depois subiu no palco de novo e arrasou mais um pouco. Foi fantástico!

A Rhazi também dançou, linda como sempre. Ela e o véu definitivamente nasceram um para o outro, impressionante como parece fácil só olhando. Também tirei umas fotos, mas parei só pra admirar.

Ah, e eu estava perdendo a voz por causa da gripe, então nem podia gritar, torcer, a não ser pelos gestos mesmos, e não é a mesma coisa...

No final de tudo foi a premiação para os concursos. Fiquei em 4º lugar!!! Fiquei muito feliz, e mais feliz ainda quando recebi os papéis com as notas e comentários dos jurados - como eu sou muuuuito nerd, adoro um papelzinho com notinhas, que eu possa analisar, estudar etc. Cara, parecia notas de escola de samba, sabe aquele negócio de "harmonia: 10 / mestre-sala e porta-bandeira: 9"? Muitos requisitos foram avaliados!! No total foram 12!!! E foram 3 juradas, então tem nota pra caramba!

Analisando essas notas junto com a Rhazi na nossa aula, posso dizer que a maioria do que foi dito é verdade. Dois pontos mencionados cairam igual uma luva, sabe aquelas coisas que a gente já sabe, mas empurra com a barriga? Foi bem isso. Tiveram outras coisas também, mas duas foram as que mais chamaram atenção.

Teve só um dos requisitos que eu não sei se concordo muito, porque acho que tem mais a ver com estilo, mas é só um e não foi nada grave, então nem vale a pena ficar chorando muito.

Mas o saldo foi positivo deste dia. Fiquei contente por ter participado, contente por ter conseguido apresentar um trabalho legal e principalmente, por ter acesso às minhas notas e poder entender direitinho como foi o processo de avaliação. Não sei se em todos os concursos isso acontece, provavelmente não, mas acho importante ser avaliada por pessoas que não me conhecem. E claro, ter o respaldo da Rhazi pra entender todos os critérios, pra aprender a aprender. De nada tudo isso adiantaria se eu não tivesse autocrítica também.

Domingo agora vou participar do Bellencontro da Layla Khodair, e também terei uma avaliação da minha dança. Dessa vez não é concurso, mas como é a mesma coreografia que dancei neste domingo, já vou tentar melhorar em pelo menos alguns pontos. Vamos ver!

Essa foi a minha saga! Estou bem, a voz já voltou, só a gripe que continua por aqui!

12 comentários:

Luciana Arruda disse...

obaaa! já vim conferir!
beijo, estava com saudades!

Mahlika el Hana disse...

Nossa, que coragem que é preciso ter para o primeiro concurso! Estou aqui enrolando, enrolando..

Pode deixar que eu te aviso quando chegarem minhas encomendas! Tomara que cheguem antes da minha próxima apresentação, em junho.

Fico muito feliz que você goste das dicas! Adoro seu blog também, sempre corro pra ver quando você atualiza.

Beijos

Luciana Arruda disse...

ó, eu amei o John Wooden!! quero apertááá ele!
=]
valeu pela dica! exemplo!

Giovana disse...

:-))

Parabéns, Nanzin!! Mais um desafio vencido, perante muito outros a virem!!

Um beijo! Se cuida, viu? :-*

Neguinha Moreira disse...

Naznin, vc vai dançar no Donas da Dança, que legal!!!! Também vou nega, vamos fazer um intercâmbio dos nossos blogs lá. Que inveja de vc: vc preparou uma coisinha...

Estou numa loucura essa semana que não escutei a danada da música nenhuma vez. Vamos ver o que sai.

Beijim e até amanhã!!!

Debora disse...

Lindoina o E-Ventre tá ai!!! vc estará por lá né?? sua teacher te mata se vc nao for !! rs... bjokas e sucesso!

Ket disse...

ahhhh vc experimentou\o/ Ahhh, que bom saber que foi assim... Eu já danço em competição ha um tempo, mas só em grupo...Nunca solo. Quem sabe um dia ^^
Mas mesmo em grupo, sei um pouco dessas suas sensações. Medo, adrenalina, ansiedade... felicidade. Tudo misturado.
E as criticas, quando feitas por profissionais corretos, sempre nos alavancam!

Boa sorte lindona!
bjoos!

Naznin disse...

Oi Lú,

sabia que vc ia gostar do velhinho...ele é um grande exemplo mesmo. Vira e mexe eu entro no site e leio sobre a Pirâmide do Sucesso. Sempre me faz muito bem!

bjão

Naznin disse...

Mahlika,

nem me fale menina, me joguei de cabeça mesmo - 4 eventos seguidos!!! Mas por enquanto tem sido muito bom. Recomendo que vc participe, principalmente de eventos menores, porque acho que o contato com as pessoas acaba ficando mais fácil.

Depois vou lá no seu blog xeretar!!!

bjs

Naznin disse...

Valeu Gi!!!

Vc tem que vir pra São Paulo mulher, temos que nos conhecer!!!

bjão

Naznin disse...

Oi Débora,

já estou inscrita no e-ventre sim!! Vamos nos conhecer por lá!

bjão

Naznin disse...

Oi Ket!!!

É, o turbilhão de emoções às vezes é intenso demais, mas no final, tudo volta ao normal e são experiências com as quais estou aprendendo e muuuito.

Por enquanto, tive ótimos avaliadores, inclusive no Bellencontro. Tem sido enriquecedor de verdade.

Vc vai participar do e-ventre? Podemos nos conhecer por lá!

bjão